Testemunho na primeira pessoa de quem esteve na manifestação frente à FCSH

antifascistahorrível

Recebemos o testemunho de um dos jovens participantes que ontem estiveram presentes na manifestação do PNR contra o cercear da liberdade de expressão por uma AE esquerdista e uma Direcção da faculdade que demonstrou tibieza e ausência de autoridade. 
Fica o relato cru do Luís Cláudio Graça.
—————

Dia 20 de Março, depois de uma jornada de 7 dias ininterruptos de trabalho, chego a casa às três da manhã. Cansado, na verdade, exausto, mas os meus 24 anos, ainda assim, fazem-me pensar que descansar é perder tempo. Num assomo juvenil, passa-me pela cabeça que poderia ir para noite gozar a folga. Não, pensei, vou deitar-me e amanhã aproveito a tarde do dia seguinte para me divertir, como, aliás, é próprio da minha geração.

O avançado da hora não me permite ter sono, por isso ligo-me ao mundo virtual da internet, ao Facebook. Decorro os olhos pela rede social e percebo que o PNR vai deslocar-se à, ultimamente tão falada FCSH para protestar contra os tiques soviéticos da AE. Pareceu-me uma causa justa, não tanto pelo partido, do qual não sou militante, ou sequer pelo protesto em si, que, não obstante correcto na essência, me pareceu deslocado no momento, mas mais pelo facto de ter lido que os chamados antifascistas iam estar presentes. E isto, meus amigos, é motivo muito forte para marcar presença e fazer frente à chusma piolhosa plaeo-comunista.

Continue reading “Testemunho na primeira pessoa de quem esteve na manifestação frente à FCSH”